Estado e setores industriais assumem compromisso para logística reversa

Estado e setores industriais assumem compromisso para logística reversa

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) e a Federação das Indústrias do Paraná assinaram um termo de compromisso para a implantação de pla…

Eles serão implementados através dos sindicatos dos setores de Alimentos de Origem Vegetal; Construção Civil, Eletricidade, Gás, Água, Obras e Serviços do Estado do Paraná; Madeira e Móveis; Metalmecânico; Químico e Farmacêutico, e Reparação de Veículos.

A ação é inédita no Paraná e permitirá o recolhimento de resíduos como estopa, óleo lubrificante usado, baterias de automóveis, embalagens de pão, madeira, ferro, tijolos, metais, sucata, restos de borracha, postes inutilizados, artefatos de concreto, cabos e entre outros.

Os planos contêm todas as indicações do que os setores devem fazer para viabilizar, na prática, a logística reversa – conforme prevê a Lei Nacional de Resíduos Sólidos e a Lei Estadual 17.211/2012. “O Paraná é o único Estado que tem uma lei nesse sentido. É uma lei inovadora. Estamos construindo uma solução coletiva para um problema que é de todos nós”, afirma o secretário estadual de Meio Ambiente, Caetano de Paula.

O prazo para a implementação dos planos, elaborados com a consultoria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná (Senai), é de 10 anos. Os sindicatos serão responsáveis pela gestão da informação, monitorando e levando à secretaria estadual de Meio Ambinete as etapas e metas cumpridas.

O coordenador de resíduos sólidos da secretaria, Carlos Garcez, explica que como o assunto ainda é novo e por isso é preciso que se tenha um prazo mais longo para a implantação e execução do sistema de logística reversa.

“O mercado ainda não está preparado para a Logística Reversa. Por isso temos que pensar a longo prazo. É preciso dar um tempo considerável para que os setores implantem o sistema, já que é um plano minuncioso e depende da demanda de cada um dos setores envolvidos”.,

Com a assinatura desta segunda-feira, o Governo do Paraná totaliza 17 termos de compromisso já firmados com a Indústria.

EMPRESAS – Rosângela Damasceno, gerente executiva do Sindirepa Paraná, que representa o setor de reparação de Veículos em Curitiba e Região Metropolitana, conta que o plano do setor atende 10 sindicatos de todo o Estado. A intenção é fazer com que as empresas associadas tenham uma ação especifica de separação de resíduos e destinação correta do que geram.

“A maior função do plano é fazer com que as empresas associadas cumpram as regras. Por isso, na primeira fase de implantação, vamos trabalhar com a conscientização, com a educação ambiental. Mostrar que seguindo o plano todos ganham”, explica Rosângela.

Fonte: Paraná Governo do Estado | ITC

Postado por: Soluções Transportes | www.solucoestransportes.com.br

A Soluções Transportes está presente no mercado há 11 anos. O objetivo da Soluções Transportes é atender de forma satisfatória, os fornecedores de produtos alimentícios que são destinados à Merenda Escolar. Nosso trabalho consiste em distribuir estes produtos em todas as escolas no prazo estipulado em contrato. Atuamos com frota própria de veículos, o que garante rapidez, qualidade e eficiência na distribuição dos Produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *