Posturas alerta para procedência de alimentos vendidos por ambulantes

Posturas alerta para procedência de alimentos vendidos por ambulantes

Devido ao período natalino, o departamento de Posturas da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Especiais e Proteção de Bens e Serviços Públicos (Settrans) com o apoio da Policia Militar deu início nesta semana a trabalhos pontuais de fiscalização dos vendedores ambulantes. As ações foram efetuadas durante toda a semana nos períodos da manhã e da tarde, tanto na área central, quanto nos pontos que já são conhecidos pela presença de ambulantes.

Nesta sexta-feira (5) a fiscalização foi realizada na Praça Rui Barbosa onde ocorreu uma situação desagradável. Ao apreenderem 301 kg de doce cocada, que estavam sendo comercializada em um carrinho, os fiscais foram surpreendidos por um rato vivo no meio dos alimentos. Os doces deveriam ser encaminhados a Settrans.

Como os doces estavam totalmente sem condições de consumo foram descartadas na Usina de Lixo. Devido à situação, o diretor do Departamento de Posturas, Renê de Freitas, alerta à população para os riscos de consumir, principalmente alimentos, de vendedores ambulantes uma vez que não se sabe a procedência deles. “Situações como essas demonstram o perigo que esse tipo de comércio representa. Não se sabe em quais condições esses alimentos foram produzidos ou armazenados, ou até mesmo se eles são próprios para consumo”, aponta Renê.

O diretor ressalta que o comércio ambulante preocupa tanto na questão de saúde quanto de segurança pública. “Às vezes a pessoa pode estar comprando um material que foi furtado, financiando o crime”, alerta Renê. Durante a semana, o trabalho de fiscalização do departamento de Posturas apreendeu um volume significativo de produtos.

Foram 200 carteiras, 650 capas de celulares, 300 DVDs e CDs, 80 cintos de couro, 50 pares de meia, 40 unidades de sombrinhas e guarda-chuvas, 10 aparelhos de barbear, 14 chips de celular, além de óculos, brinquedos de bolha de sabão, colchas, mantas e acessórios de veículos como, limpador de para-brisa, capas de banco e de direção.

Também foram apreendidos durante esta semana: 250 kg de frutas, entre goiabas, caquis e morangos. O material apreendido permanece no Departamento de Posturas durante um período de 30 dias até que os donos apresentem a comprovação da procedência da mercadoria e paguem a autuação por comércio ambulante, que é ilegal. Caso o material não seja retirado nesse prazo, será feita a doação dos produtos para instituições da cidade como Banco de Alimentos, Hospital da Criança, Hélio Angotti e Hospital Escola.

Jorn. Natália Melo
Comunicação PMU

Fonte:Uberaba 

Postado por: Soluções Transportes | www.solucoestransportes.com.br

A Soluções Transportes está presente no mercado há 11 anos. O objetivo da Soluções Transportes é atender de forma satisfatória, os fornecedores de produtos alimentícios que são destinados à Merenda Escolar. Nosso trabalho consiste em distribuir estes produtos em todas as escolas no prazo estipulado em contrato. Atuamos com frota própria de veículos, o que garante rapidez, qualidade e eficiência na distribuição dos Produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *