Valor Bruto da Produção Agropecuária bate recorde de R$ 461,6 bilhões

Valor Bruto da Produção Agropecuária bate recorde de R$ 461,6 bilhões

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nesta semana a estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) para 2014, que registrou recorde de R$ 461,6 bilhões. Segundo o Mapa, o resultado foi 2,5% maior em relação a 2013.

Para o diretor da Sociedade Nacional de Agricultura, Helio Sirimarco, “o índice veio dentro do esperado”, e a pecuária ganhou destaque. “O principal responsável pelo recorde foi o setor pecuário, que registrou forte crescimento no ano, mais do que compensando a queda do setor agrícola”, destaca.

De acordo com o Mapa, o valor da pecuária alcançou R$ 171,3 bilhões (crescimento de 10,3% em comparação a 2013, que fechou em R$ 155,4 bilhões). No caso da agricultura, o valor foi de R$ 290,3 bilhões – uma diminuição de 1,6% em relação ao ano passado, que registrou R$ 295 bilhões.

Entre os produtos das lavouras que tiveram melhor desempenho neste ano destacam-se a pimenta-do-reino, com aumento no VBP de 30,1%; algodão, com 28,8%; café, com 16,3%; batata-inglesa, com 14,5%; maçã, com 10,8%; mandioca, com 10,7%; banana, com 8,1%; e arroz, com 4,8%. A queda nos preços agrícolas foi determinante para os resultados obtidos pela maior parte desses produtos.

Na pecuária, todos os produtos tiveram resultado positivo. A carne bovina teve crescimento de 11,7%; a carne de frango, 11,8%; ovos, 10,0%; leite, 8,0%; e carne suína, 1,7%. Para a carne bovina e de frango, o mercado internacional tem sido o principal fator responsável pelo resultado. Já para o leite e os ovos, o mercado nacional contribuiu para o valor alcançado.

Em relação à produção regional, os dados do VBP mostram que a liderança neste ano é do Sudeste, à frente do Sul e do Centro-Oeste. Em seguida está o Nordeste e Norte do País.

PERSPECTIVAS

Analistas prevêem que, para 2015, o VBP será quase igual ao de 2014, totalizando R$ 461.5 bilhões. No entanto, Helio Sirimarco afirma que é preciso ter cautela em relação a esse prognóstico.

“Os resultados do próximo ano vão depender dos desdobramentos da situação internacional. Com a queda acentuada do preço do petróleo, a desaceleração do crescimento chinês, a crise russa com a forte desvalorização do rublo, e previsão de safras recordes de grãos e oleaginosas, o comportamento dos preços pode ser severamente afetado. É possível que o setor pecuário não repita o desempenho de 2014, o que certamente afetará o resultado do VBP”, conclui.

 Fonte: SNA

Foto: Diretor da SNA Helio Sirimarco: “É preciso ter cautela com o VBP em 2015″. Foto: Divulgação/SNA

Postado por: Soluções Transportes | www.solucoestransportes.com.br

A Soluções Transportes está presente no mercado há 11 anos. O objetivo da Soluções Transportes é atender de forma satisfatória, os fornecedores de produtos alimentícios que são destinados à Merenda Escolar. Nosso trabalho consiste em distribuir estes produtos em todas as escolas no prazo estipulado em contrato. Atuamos com frota própria de veículos, o que garante rapidez, qualidade e eficiência na distribuição dos Produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *