Com menor demanda, alta dos preços da carne perde força

Com menor demanda, alta dos preços da carne perde força

Via Folha de São Paulo | www1.folha.uol.com.br

Uma das fontes de pressão sobre a inflação nos últimos meses, o aumento de preço da carne de boi desacelerou em junho afetado pela menor demanda.

O preço das carnes avançou 0,64% no mês passado, desacelerando após subir 2,32% no mês imediatamente anterior.

As carnes ainda acumulam um forte aumento neste ano (5,1%) e em 12 meses (18,72%), informou o IBGE nesta quarta-feira (8).

Segundo Eulina Nunes dos Santos, coordenadora dos índices de preço do IBGE, a menor renda e emprego têm afetado o consumo do produto.

“Os frigoríficos têm reclamado da menor demanda, especialmente das carnes de primeira, que são mais caras”, explicou Eulina.

Um levantamento da consultoria Agrifatto estima que 44 plantas de abate de bois foram desativadas neste ano, a maior parte de médio e grande porte.

Além da menor demanda interna e externa, os frigoríficos estariam sendo afetados por uma menor oferta de boi para o abate.

Postado por: Soluções Transportes | www.solucoestransportes.com.br

A Soluções Transportes está presente no mercado há 11 anos. O objetivo da Soluções Transportes é atender de forma satisfatória, os fornecedores de produtos alimentícios que são destinados à Merenda Escolar. Nosso trabalho consiste em distribuir estes produtos em todas as escolas no prazo estipulado em contrato. Atuamos com frota própria de veículos, o que garante rapidez, qualidade e eficiência na distribuição dos Produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *