FIPPPA discute novos rumos da cadeia de proteína animal na América Latina em Curitiba (PR)

FIPPPA discute novos rumos da cadeia de proteína animal na América Latina em Curitiba (PR)

Líderes da cadeia de proteína animal brasileira e latino-americana e mais de 200 expositores estarão juntos na FIPPPA – Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal, a ser realizada nos dias 28, 29 e 30 de abril.

Alinhada com tendências e novidades dos setores de produção e processamento de proteína animal, a FIPPPA – Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal será responsável por colocar a capital paranaense como o epicentro das discussões agropecuárias nos dias 28, 29 e 30 de abril. Serão 11 mil m² de feira comercial preenchida com aproximadamente 200 expositores nacionais e internacionais, atuantes nas áreas de Genética, Equipamentos para granjas, Nutrição, Biomassa, Bioenergia, Reciclagem animal, Processamento de carne, Manejo e bem-estar animal, Soluções financeiras, Tratamento de resíduos, Economia de água, Automação para abates de animais, Desossa, Eficiência energética, Ergonomia, Redução de custos, entre outros… O que devem atrair, segundo projeção da Gessulli Agribusiness e G5 Promotrade, organizadores do evento, 20 mil pessoas em três dias de evento. “Por ser uma feira multissetorial e criadora de sinergia entre os diversos setores produtivos, a FIPPPA levará ao visitante um dos mais completos eventos do agribusiness do Brasil, do campo a mesa do consumidor. Além disso, empresas renomadas e fornecedoras das principais indústrias de proteína animal do País compartilharão experiência e novidades tecnológicas ao público”, afirma a diretora da Gessulli Agribusiness, Andrea Gessulli. “O evento inaugura no País um novo conceito em feiras agropecuárias, pois uniu duas forças na organização e produção de feiras de agribusiness: a AveSui América Latina e a Tecno Food Brazil mesclando a experiência e a eficiência de quem fomenta a indústria”, completa o presidente da G5 Promotrade, Rubens Zago.

Confira a lista parcial de expositores – clique aqui! 

Novos Negócios

Muito além das empresas expositores, a FIPPPA ainda oferece serviços exclusivos aos visitantes interessados em fomentar seus negócios. Com o intuito de incentivar as exportações brasileiras de carne suína e de frango, e apresentar aos profissionais da avicultura e suinocultura uma nova opção de rentabilidade, a Secretaria das Relações Exteriores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ainda durante a FIPPPA, promovem o 66º AgroEx – Seminário do Agronegócio para Exportação em Curitiba (PR), O evento busca disseminar informações estratégias para exportação do agronegócio e buscar a maior integração das cadeias produtivas. Será a primeira vez que um evento com estas características é inserido em uma feira voltada para o segmento da proteína animal.

Outro ponto grande importância e visibilidade para realização de negócios para a cadeia de proteína animal será a realização do Projeto Imagem, com jornalistas estrangeiros, e do Projeto Comprador, com clientes internacionais. Esta parceria entre a Gessulli Agribusiness, Associação Brasileira de  Reciclagem Animal (ABRA) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem o objetivo de difundir as relações do mercado brasileiro com todas as partes do mundo.

Em sua terceira edição, a Granja Modelo de Aves e Suínos trará ao público um showroom de equipamentos modernos e de ultima geração. São bebedouros, comedouros, cortinas, pisos, isolantes térmicos, climatizadores, aquecedores, iluminação, baias coletivas e muito outros produtos. A granja modelo é uma oportunidade de conhecer os equipamentos “in loco” e tirar dúvidas diretamente com os representantes. É a melhor forma de decidir novos investimentos em equipamentos para granjas.

Novos Rumos

A representação de toda a cadeia de proteína animal na FIPPPA ditará os novos caminhos a serem percorridos pelo segmento. Além de apresentar novidades e inovações na feira expositora, o evento abrigará importantes discussões políticas e técnicas através de seminários especiais. O I Seminário de Políticas Públicas para o Desenvolvimento das Cadeias de Proteína Animal promoverá uma mesa-redonda entre as lideranças das cadeias produtivas de carnes, empresas fornecedoras de insumos, setor privado e Governo Federal, com as ilustres presenças de Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA); Marcelo Lopes, presidente da Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS); Ariovaldo Zani, vice-presidente executivo do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações); e Fernando Pereira, presidente do Grupo Agroceres.

Outro debate importante está inserido no workshop “Bem-Estar Animal e Consumo: Como Dialogar com Consumidores mais Informados e Exigentes”. Não há dúvida que as práticas de manejo na produção de carnes influenciam cada vez mais os hábitos de consumo das pessoas. O Mapa e o World Animal Protection fomentam a discussão do tema entre especialistas e representantes do setor produtivo dentro da FIPPPA.

As discussões técnicas também terão seu espaço dentro da FIPPPA. Através do XIV Seminário Técnico Científico de Aves e Suínos, o evento apresentará as tendências da produção animal no âmbito acadêmico. Os paineis de nutrição, sanidade, ambiência, zootecnia de precisão, biomassa e bioenergia contam com a presença de renomados pesquisadores e representantes da agroindústria para difusão de conhecimento e trocas de experiências. Um espaço de discussão que propiciará o enriquecimento do debate acadêmico e do relacionamento entre dos congressistas.

Outro diferencial da FIPPPA 2015 está na programação do Pátio do Conhecimento, que abrigará palestras empresariais e o II Seminário Internacional de Ciência, tecnologia e Inovações para a Indústria de Carnes. Este, promvido pelo Centro de Tecnologia de Carnes (CTC), vinculado ao respeitado Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), nos dias 29 e 30 de abril de 2015. Destaca-se também a participação da Adapar – órgão responsável por realizar a defesa agropecuária do estado do Paraná – que coordenará duas palestras: “Ações de Inibição e combate a fraudes” e “Processamento e Tecnologia de Produtos de Origem Animal, atualidades e tecnologias acessíveis e cadeia de frio com competitividade”,  unindo esforços na promoção da defesa, sanidade e  segurança alimentar dos produtos paranaenses.

Paraná: Números expressivos

A escolha do Paraná como sede da FIPPPA não pode ser considerada um acaso. O estado é sede de mais de 10 cooperativas agropecuárias, além de abrigar cerca de 40 agroindústrias. Não a toa, é o terceiro Estado no ranking nacional das exportações agropecuárias de 2014, com destaque especial para os segmentos avícola e suinícola. A avicultura paranaense, por exemplo, cresceu quatro vezes mais que a média nacional em 2014. Em 2015, o Paraná segue em destaque e detém cifras em produção e exportação que colocaram a a cadeia de aves na liderança entre os Estados brasileiros envolvidos com o segmento na frente de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, segundo e terceiro lugares, respectivamente. No segmento suinícola, os dados também impressionam. O Paraná possui o terceiro maior rebanho de suínos, atrás de Rio Grande do Sul, o segundo, e Santa Catarina, líder. O mesmo ranking é notado na produção e exportação de carne suína. Com números tão expressivos, o Paraná mostra-se como o local ideal para um evento de negócios com o porte da FIPPPA, que envolve não só a avicultura e a suinocultura, mas também toda a cadeia de proteína animal.

Expotrade

Posicionado estrategicamente na cidade de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o Expotrade oferece a melhor logística para a realização de feiras, convenções e shows na Região Sul do Brasil. Com 34.000m2 de área construída, sendo 23.000 m² de áreas para Exposição e 12 auditórios fixos para Convenções, o Expotrade é composto por salas multiuso e ambientes amplos que facilitam a realização de eventos dos mais variados tipos e tamanhos. O Expotrade está localizado no centro econômico da principal rota do MERCOSUL. Há apenas 30 minutos do Aeroporto e 15 minutos do Centro de Curitiba. Para ficar sabendo mais sobre o Convention Center visite: http://www.expotrade.com.br

Sobre a FIPPPA

A FIPPPA – Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal é resultado da união das empresas Gessulli Agribusiness e G5 Promotrade, organizadoras, respectivamente, da AveSui América Latina e Tecno Food Brazil, as duas maiores feiras latino-americanos de produção e processamento de carnes. Inaugurando no País um conceito inovador, a FIPPPA é um evento completo e horizontal que congrega todos os elos da cadeia de proteína animal, da produção ao processamento, do campo à mesa. A primeira edição da FIPPPA acontece no ano que vem, entre 28 e 30 de abril, em Curitiba (PR). A feira será realizada de dois em dois anos, atendendo uma antiga reivindicação de representantes dos mercados de aves, suínos e leite e que pediam um evento coeso, completo e bienal.

Serviço

FIPPPA – Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal
Data: 28 a 30 de Abril de 2015
Local: Expo Trade Convention Center – Pinhais / Região metropolitana de Curitiba (PR)
Realização:
Gessulli Agribusiness/Tel.: (11) 2118-3133/E-mail:
avesui@gessulli.com.br
G5 Promotrade/Tel. (41) 3669-8412/E-mail: contato@g5promotrade.com.br

Fonte: Avicultura Industrial 

Postado por: Soluções Transportes | www.solucoestransportes.com

A Soluções Transportes está presente no mercado há 11 anos. O objetivo da Soluções Transportes é atender de forma satisfatória, os fornecedores de produtos alimentícios que são destinados à Merenda Escolar. Nosso trabalho consiste em distribuir estes produtos em todas as escolas no prazo estipulado em contrato. Atuamos com frota própria de veículos, o que garante rapidez, qualidade e eficiência na distribuição dos Produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *